sexta-feira, 30 de maio de 2008

Seria patético se não fosse cômico

Hoje, apenas duas cenas eclesiáticas:

1) Oração, ceia e oferta - mas não ao mesmo tempo!

Domingo. Igreja lotada. Afinal era noite de Ceia. Momento solene.
Um irmãozinho chega esbaforido, tão atrasado que já estão distribuindo o pão.
Mas ele não chega e simplesmente se senta.
Primeiro se ajoelha, faz sua oração e se levanta...justamente no momento exato que o diácono chega com o pão.
O inusitado então acontece: o irmãozinho, dando de cara com o braço estendido do diácono, pensando se tratar do momento da oferta, sapeca-lhe uma cédula de real.
E bem em cima dos pães!!!

2) Vida ao Insecta Hymenoptera

Numa certa igreja, cuja denominação significa "reunião de pessoas para um determinado fim, que se julgam pertencer ao Ser Supremo", um irmãzinho, simples e iletrado, canta a pleno pulmões, seu hinário aberto à frente:

"Abençoa, ó Deus Santo,
Os Teus servos em todo o mundo;
Abençoa o nosso canto
E dá vida aos MARIMBONDOS

Aiaiai....e logo eu que odeio marimbondos!!!!

Obs: para quem não conheçe a letra, ou não entendeu o sentido deste chocarrice, o correto é:

E DÁ VIDA AOS MORIBUNDOS...


3 comentários:

Alice disse...

... e agente encontra com cada coisa nas igrejas... ai ai ai ai.....rsrsss
bjkassss

Wesley Amorim disse...

E o pior: "simplicidade" muitas vezes confundida com espiritualidade.

douglas disse...

Wesley, essa passagem sua já é um "Clássico".
Lembra "daquela" em que o irmão tira uma meia do bolso para enxugar o suor ou nariz? Não me lembro o nome do tal, mas é o mesmo que saudava o Senhor com a Paz dos irmãos!
Santa Bléia!